Fim de outubro com mercado do boi gordo calmo

Fim de outubro com mercado do boi gordo calmo

Cenário calmo com poucos negócios concretizados nas praças paulistas na manhã de sexta-feira (29/10), uma vez que as escalas de abate de grande parte dos frigoríficos estão completas para a semana. Nossas referências de preços ficaram estáveis no comparativo feito dia a dia.

 

O boi gordo, negociado em R$262,00/@, preço bruto e a prazo, teve uma retração de R$31,00/@, ou 10,6%, desde o início do mês. A cotação da vaca gorda teve uma redução de R$25,00/@, ou 9,0%, no mesmo período e ficou precificada em R$252,00/@. A novilha gorda foi negociada por R$262,00/@, com recuo de R$31,00/@, ou 10,6%.

 

No sul de Goiás, recuo de R$3,00/@ para o boi gordo na comparação diária e preços estáveis para as fêmeas. Com o reajuste, o boi gordo foi negociado em R$244,00/@, preço bruto e a prazo, R$243,50/@, preço com o desconto do Senar e R$240,50/@ livre de Senar e Funrural.

 

Em Rondônia, as cotações das vacas e novilhas gordas caíram R$3,00/@ e foram negociadas em R$247,00/@, preço bruto e a prazo. Sem alteração para o preço do boi gordo, que foi negociado por R$257,00 /@, nas mesmas condições.

 

Fonte: Tem Boi na Linha