Boi gordo: estabilidade nas praças paulistas

Boi gordo: estabilidade nas praças paulistas

Com escalas de abate confortáveis, atendendo, em média, sete dias, e o escoamento doméstico lento, as cotações mantiveram-se estáveis na comparação diária.

 

O boi, vaca e novilha gordos ficaram apregoados, respectivamente, em R$306,00/@, R$283,00/@ e R$298,00/@, preços brutos e a prazo.

 

Para bovinos que atendem o mercado externo o ágio chegou a R$8,00/@.

 

Fonte: Análise originalmente publicada no informativo Tem Boi na Linha de 19/5/2021.